PUBLICIDADE
Notícias

Grupo francês tem contrato com um investidor interessado na concessão dos aeroportos

O leilão dos terminais aéreos está previsto para acontecer no primeiro trimestre de 2017

12:31 | 16/09/2016

O grupo francês Egis tem contrato com investidor interessado na disputa das concessões dos quatro aeroportos, entre eles o de Fortaleza, do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI). O leilão dos terminais aéreos está previsto para acontecer no primeiro trimestre de 2017.

A empresa desempenhará a função de prestação de serviço de engenharia e consultoria para um dos concorrentes que disputarão a concessão. A Egis pretende, com a expansão nessa área, dobrar a receita no País até 2020.

Entre as funções na área, está a assessoria técnica para disputa por ativos, elaboração de projeto executivo, além de gerencimanto de obras e concessões.

A Egis é acionista minoritário do consórcio "Aeroportos Brasil" que compartilha com a Infraero a operação do aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP).

Atualmente, o grupo francês tem receita no País dividida em 70% do setor público e os demais 30% no privado. A estimativa é que parcela fique dividida meio a meio entre os dois perfis com os ativos das concessões que serão leiloados ano que vem.

A nível global, a empresa faturou cerca de 1 bilhão de euros em 2015. Sendo que 60% do total é de origem de operações fora da França.  O rupo está presente em mais de 100 países com destaque na Índia, no Oriente Médio e no Brasil.

 

Redação O POVO Online com informações do Valor Econômico 

TAGS