PUBLICIDADE
Notícias

BNB alcança R$ 42,7 bi em ativos globais no primeiro semestre

Em comparação com o final do ano passado, o resultado teve acréscimo de 3%

08:59 | 12/08/2016

O Banco do Nordeste do Brasil (BNB) alcançou no primeiro semestre de 2016 o volume de R$ 42,7 bilhões em ativos globais, de acordo com o relatório administrativo da instituição para os seis primeiros meses deste ano, divulgado na quinta-feira, 11.

Em comparação com o final do ano passado, o resultado teve acréscimo de 3%. Nos ativos também estão presentes os recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) com R$ 8,7 bilhões. O crescimento dos saldos ativos do BNB de dezembro de 2015 a junho de 2016 está relacionado ao acréscimo nos saldos de disponibilidades, aplicações interfinanceiras e títulos e valores mobiliários.

Os saldos ativos do FNE cresceram 6% no primeiro semestre deste ano devido principalmente dos recursos oriundos do Tesouro Nacional. Durante o período foram aplicados aos recursos do FNE cerca de R$ 3.470 milhões. O valor está abaixo do que foi aplicado em 2015 no mesmo período (R$ 3.521 milhões).

Em relação aos saldos de aplicação de operações de crédito do FNE, houve um acréscimo de 1,3% na comparação de 31 de dezembro de 2015 com 30 de junho deste ano e de 25,5% no conjunto das disponibilidades e recursos comprometidos.

 

O presidente do Banco do Nordeste, Marcos Holanda, faz uma avaliação sobre o desempenho da instituição nos primeiros seis meses do ano. "Apesar das adversidades da economia, o Banco obteve lucro líquido de R$ 225,6 milhões, valor 42.6% superior ao apresentado no mesmo príodo em 2015 (R$ 158,1 milhões)", analisa. 

Redação O POVO Online

TAGS