PUBLICIDADE
Notícias

Economista-chefe do BoE pede fortes medidas de estímulo em agosto

14:00 | 15/07/2016
O Banco da Inglaterra (BoE) precisa entregar um pacote de estímulo "muscular" no próximo mês para proteger os empregos e dar o suporte necessário para a economia do Reino Unido após a decisão do país de deixar a União Europeia, afirma Andrew Haldane, o economista-chefe da instituição.

Em um discurso publicado nesta sexta-feira, o Haldane afirmou que o resultado do plebiscito criou uma névoa de incerteza sobre as perspectivas da economia que deve "pesar materialmente no gasto doméstico tanto das empresas quanto das famílias."

Ele afirmou que ainda é muito cedo para tirar conclusões sobre a trajetória da economia nos próximos meses e anos, mas que ela deve desacelerar por causa do adiamento de decisões de investimento. A confiança das famílias e o mercado imobiliário já começaram a sentir esses efeitos, afirmou.

"Em minha opinião, isso significa que um afrouxamento da política monetária deve ser necessária, como parte de uma política de resposta para proteger a economia e os empregos dessa movimento", disse. Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS