PUBLICIDADE
Notícias

Bernanke diz a premiê japonês que prossiga com estímulos

05:40 | 12/07/2016
O ex-presidente do Federal Reserve (Fed, o BC dos EUA) Ben Bernanke disse hoje ao primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, que continue agindo de forma decisiva para derrotar a ameaça da deflação, segundo relato de Koichi Hamada, assessor especial do premiê.

Em reunião com Abe, Bernanke disse que as medidas de crescimento já adotadas por Tóquio vêm funcionando bem e que o governo japonês precisa prosseguir com sua agressiva política de estímulos, conhecida como "Abenomics", para encerrar o ciclo de crescimento negativo dos preços, afirmou Hamada, que também participou do encontro.

A expectativa é que Abe lance um novo pacote de incentivos fiscais no curto prazo.

Já o secretário de gabinete Yoshihide Suga relatou, durante coletiva de imprensa, que Bernanke disse a Abe que o Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês) tem espaço para relaxar ainda mais sua política monetária.

"Bernanke disse que o Japão deveria elevar o crescimento nominal coordenando a política fiscal com medidas da política monetária", afirmou Suga.

A próxima reunião de política monetária do BoJ, que no fim de janeiro anunciou uma inédita taxa de juros negativa para certos tipos de depósitos, está prevista para os dias 28 e 29 de julho. Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS