PUBLICIDADE
Notícias

Região Metropolitana de Fortaleza registra perda de 3.807 empregos formais

Os setores que mais contribuíram para esta redução foram serviços (-1.476 postos), comércio (-772 postos) e construção civil (-383 postos)

17:22 | 24/06/2016
NULL
NULL

A Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) registrou perda de 3.807 empregos formais no mês de maio. Uma retração de 0,44% ante abril. Já o Ceará perdeu 2.906 empregos com carteira assinada no mesmo período, com recuo de 0,25% do saldo de postos de trabalho ante o estoque de assalariados celetistas de abril.

 

Os setores que mais  contribuíram para esta redução foram serviços (-1.476 postos), comércio (-772 postos) e construção civil (-383 postos). Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) de maio deste ano.

 

Na série ajustada (com informações declaradas fora do prazo) houve decréscimo de 22.983 postos (-1,92%) nos cinco primeiros meses do ano.


Ainda na série com ajustes, nos últimos 12 meses verificou-se perda de 3,75% no nível de emprego (- 45.789 postos de trabalho).

 

Brasil

No País, foram eliminados 72.615 empregos celetistas em maio, quivalentes à retração de 0,18% no estoque de assalariados com carteira assinada do mês anterior.

 

Na série ajustada,, no acumulado do ano, os ados mostram um decréscimo de 448.101 empregos (-1,13%). Já nos últimos 12 meses se verificou redução de 1.781.906 postos de trabalho, correspondendo ao declínio de 4,34 % no contingente de empregados celetistas do Brasil.

Redação O POVO Online

 


 

 

TAGS