PUBLICIDADE
Notícias

Instalação do polo industrial criará 1500 empregos em Trairi

A principal escolha pela região foi sua posição geográfica que possui 90% da produção de coco no Estado

10:05 | 14/06/2016

Com investimento de R$ 100 mi a região do Trairi, localizada no litoral Oeste do Estado, receberá a instalação do polo industrial de subprodutos do coco. O projeto é desenvolvido pelo grupo Cohibra em parceria com algumas empresas destinadas a contribuir para a inovação e pesquisa para produção dos subprodutos da fruta.

A estimativa é que sejam gerados 1.500 posto de trabalho diretos no município e o número pode crescer quatro vezes mais com o empregos gerados de forma indireta. De acordo com Laerte Gurgel, diretor-executivo do grupo Cohibra, Trairi foi escolhida por diversos fatores. "Um dos motivos foi a posição geográfica. A partir de Trairi estamos em um raio de 100 km onde há a maior produção de coco do Ceará que cobre 90% da produção no Estado", esclarece.

Além da localização, os outros fatores que contribuíram para a escolha da região foram a infraestrutura oferecida, a possibilidade do Porto do Pecém, a ampliação da rodovia CE 085 e o apoio da escola técnica integrado com o centro tecnológico, segundo Laerte Gurgel.

O projeto é voltado para a sustentabilidade e o plano de desenvolvimento é de cinco anos. A previsão para o início das atividades é para o primeiro semestre de 2017.

A produção será dividida em três unidades. A primeira será voltada a extração do óleo de coco extravirgem que será fracionada para poder atender as demandas dos setores de farmacologia, alimentícios e de cosméticos. A segunda será para o carvão ativado que possui o endocarpo do coco e pode ser utilizado para purificação de água, entre outras funções. A última unidade será direcionada para suplementos alimentares.

A instalação do complexo industrial pretende tanto abastecer o mercado interno quanto o externo, principalmente o europeu.

 

 Redação O POVO Online

TAGS