PUBLICIDADE
Notícias

Até maio, 148 queixas já foram registradas contra a Cagece

Desse total, cerca de 11% estão ligadas à cobrança indevida em conta

09:26 | 24/06/2016
NULL
NULL

Desde janeiro até maio deste ano, 148 queixas de consumidores contra a Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) foram registradas na ouvidoria da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Ceará (Arce). Desse total, cerca de 11% estão ligadas à cobrança indevida em conta. Em relação a igual período de 2015, quando foram registradas 135 queixas, o número de reclamações feitas nos cinco primeiros meses de 2016 cresceu 9,6%.

No ano passado foram contabilizadas 275 reclamações contra a Cagece, uma queda de 18,8% na comparação com o total registrado em 2014 (339 casos).

Todas as reclamações recebidas pela Arce são identificadas, inicialmente, como solicitações. Daí, antes da ouvidoria poder instaurar um processo administrativo, é concedido um prazo de dez dias para a concessionária se manifestar sobre a ocorrência levantada pelos consumidores.

Após a resposta da empresa, é analisado se o problema relatado foi resolvido ou não. Se negativo, o processo de ouvidoria é aberto. Então a partir daí toda e qualquer informação é comunicada pela Arce ao reclamante por meio de correspondência ou via correio eletrônico.

Redação O POVO Online
TAGS