PUBLICIDADE
Notícias

Governo libera R$ 194,5 bilhões em gastos após aprovar nova meta fiscal

Agora, 2016 será o terceiro ano seguido com as contas no vermelho. No ano passado houve um déficit de R$ 111 bilhões e em 2014, de R$ 32,5 bilhões

10:53 | 31/05/2016

O governo federal enviou ao Congresso Nacional a liberação de R$ 194,5 bilhões em cno orçamento de 2016 por meio de relatório de avaliação do cumprimento da meta fiscal. No documento, o Ministério do Planejamento diz que essa liberação de gastos foi possível devido à aprovação da nova meta fiscal na semana passada, que permite um déficit nas contas do governo de até R$ 170,5 bilhões em 2016.

A meta anterior à mudança era de R$ 24 bilhões e, segundo o Governo, seria preciso implementar, por força da lei, um corte de R$ 137,9 bilhões nos gastos públicos. No relatório, é informado que o bloqueio (de R$ 137,9 bilhões) foi revertido e formalizado, mesmo sendo "inexequível", mas que seria aplicado somente a partir de 30 de maio, o que não chegou a ocorrer - e também ampliou os limites para gastos em mais R$ 56,6 bilhões, totalizando o valor de R$ 194,5 bilhões liberados para novas despesas.

No relatório enviado ao Congresso Nacional nesta semana, o governo informa que reverteu esse bloqueio de R$ 137,9 bilhões - que havia sido formalizado, mesmo sendo "inexequível", mas que seria aplicado somente a partir de 30 de maio, o que não chegou a ocorrer - e também ampliou os limites para gastos em mais R$ 56,6 bilhões, totalizando o valor de R$ 194,5 bilhões liberados para novas despesas.

Com as mudanças, o governo reverteu também os dois bloqueios no orçamento feitos anteriormente pela equipe econômica da presidente afastada Dilma Rousseff, que somavam R$ 44,6 bilhões. Agora, 2016 será o terceiro ano seguido com as contas no vermelho. No ano passado houve um déficit de R$ 111 bilhões e em 2014, de R$ 32,5 bilhões.

Redação O POVO Online
TAGS