PUBLICIDADE
Notícias

Ford chama Ranger por conta de falha no sistema de freios

Ao todo, 1.467 unidades, dos modelos 2016 e 2017, fabricadas entre 23 de novembro de 2015 e 9 de maio de 2016, são chamadas a comparecer à oficina

11:52 | 24/05/2016
NULL
NULL
Menos de dois meses após ser revitalizada, a Ranger já está a ser convocada pela Ford para um recall. O motivo é por conta de problemas no sistema de freios da picape. Ao todo, 1.467 unidades, dos modelos 2016 e 2017, fabricadas entre 23 de novembro de 2015 e 9 de maio de 2016, são chamadas a comparecer à oficina para reparos gratuitos.

De acordo com a montadora, as unidades a serem chamadas podem apresentar "desconexão entre a haste do freio e a haste de acionamento do hidrovácuo do freio", reduzindo a capacidade de frenagem, aumentando o risco de acidentes com lesões aos passageiros e até a pessoas que estão fora do carro.

Para solucionar a falha, a Ford, segundo o comunicado, irá "adequar a montagem do pino da trava que conecta a haste do pedal de freio à haste de acionamento do hidrovácuo do freio". Os preços pelos quais estão sendo comercializadas as picapes giram em tono de R$ 99.500 e R$ 118.500 nas configurações com motor flex. Já a Ranger diesel varia de R$ 129.900 a R$ 179.900.

Os donos da nova Ranger devem entrar em contacto com a empresa pelo telefone 0800 703 3673.

Redação O POVO Online
TAGS