PUBLICIDADE
Notícias

Secovi-SP espera colaborar com propostas ao novo governo sobre o Minha Casa

12:50 | 18/04/2016
O Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi-SP) espera contribuir com um novo governo, no caso de impeachment da presidente Dilma Rousseff, ao enviar propostas para o programa habitacional Minha Casa Minha Vida (MCMV), disse o presidente da entidade, Flávio Amary.

O executivo explicou que os programas sociais, em geral, podem passar por revisão, com ajustes para se enquadrar no atual momento da economia nacional. No entanto, o executivo defendeu a continuidade das iniciativas sociais, como o Minha Casa. Amary disse ter certeza que um novo governo deverá mantê-los.

"Programas sociais são possíveis quando há uma economia forte para distribuir renda e avançar com as propostas", afirmou o executivo. Com a votação favorável ao impeachment de Dilma Rousseff na Câmara dos Deputados, o presidente do Secovi-SP disse que houve um aumento de confiança, mas os problemas econômicos ainda precisam ser solucionados.

Entre as prioridades de medidas econômicas, o executivo citou um ajuste fiscal concentrado em corte de despesas, mudanças no sistema da previdência e reforma política.

O Secovi-SP é uma das entidades que apoiou o processo de impeachment pelo legislativo. O presidente da entidade disse que vem conversando com parlamentares sobre o assunto nas últimas semanas e planeja continuar esse esforço de modo a garantir a aprovação no Senado.

TAGS