PUBLICIDADE
Notícias

Ministro das Finanças do Japão nega acordo secreto para enfraquecer o dólar

11:40 | 15/04/2016
O ministro das Finanças do Japão, Taro Aso, rebateu especulações de que houve um acordo de coordenação secreto das maiores economias do mundo para enfraquecer o dólar.

Os comentários acontecem em meio a especulação de que o grupo pode ter acordado, durante a última reunião do G-20, em Xangai, em agirem para reduzir a apreciação do dólar. Entre outros pontos, o Japão e a Europa teriam se comprometido a evitar medidas de afrouxamento monetário mais agressivo.

As autoridades raramente tentam minimizar especulações de mercado de forma mais veemente. As declarações de Abe, portanto, sublinham as preocupações sobre o impacto de tal acordo sobre os mercados financeiros.

O japonês, que acabava de sair de uma reunião com o secretário do Tesouro norte-americano, Jack Lew, afirmou que os dois discutiram questões relativas ao câmbio. Aso teria deixado claro as preocupações de Tóquio sobre o que considera ser um movimento "unilateral" do câmbio sobre o iene.

O apoio dos Estados Unidos é considerado crucial para o Japão impedir uma maior valorização de sua moeda. Caso a maior economia do mundo não dê seu OK, especuladores são encorajados a levar o iene para cima por acreditarem que as medidas tomadas pelas autoridades japonesas não terão fôlego suficiente.

Os dois reiteraram a importância de honrar o pacto dos países do G-20 de evitar a desvalorização da moeda atrás de uma vantagem comercial. Eles também concordaram que essa regra não deve impedir que os bancos centrais tomem decisões com objetivos domésticos. Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS