PUBLICIDADE
Notícias

Expectativa de inflação no Japão atinge mínima em três anos, diz pesquisa do BC

11:10 | 11/04/2016
As expectativas de inflação no Japão atingiram a mínima em três anos no primeiro trimestre, em uma mostra dos efeitos limitados dos estímulos do Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês). Em pesquisa trimestral do próprio BoJ, entre as pessoas consultadas 75,7% disseram que os preços em um ano estarão mais altos que atualmente, abaixo dos 77,6% da sondagem de dezembro.

O patamar registrado foi o mais fraco desde março de 2013, um mês antes de o BoJ, comandado por Haruhiko Kuroda, lançar um relaxamento monetário agressivo. O resultado ocorreu mesmo após o banco central introduzir em janeiro taxas de juros negativas, para complementar sua política de compra de bônus.

Há sinais crescentes de que apenas um banco central não pode fazer muito para impulsionar a inflação em um momento de desaceleração global. Mesmo após três anos de ações para derrotar a deflação, o crescimento econômico e a inflação seguem perto de zero no Japão. Os preços das ações recuaram neste ano, enquanto o iene se valorizou, o que é um revés para as exportadoras e negativo para seus balanços.

O sentimento entre os consumidores sobre as condições econômicas ao longo do próximo ano atingiu -30,9, abaixo dos -19,9 de dezembro, no terceiro recuo trimestral seguido da leitura, segundo o banco central. A leitura atingiu o patamar mais baixo desde dezembro de 2012. Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS