PUBLICIDADE
Notícias

BNDES reduz juros de crédito de linhas de exportação

08:31 | 15/04/2016
O Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou mudanças nas linhas de crédito do tipo Exim Pré-Embarque, que são destinadas a empresas que produzem para exportação. As taxas de juros foram reduzidas e a previsão de contratação desses empréstimos foi elevada de R$ 4 bilhões para R$ 15 bilhões.

Além disso, foi criada nova linha direcionada a produtos inovadores com potencial para ser vendidos no exterior.

O governo estima que, com as novas condições, a demanda por crédito das linhas Exim Pré-Embarque tenha potencial para atingir este ano R$ 15 bilhões, contra previsão inicial de R$ 4 bilhões.

De acordo com Luciano Coutinho, presidente do BNDES, o aumento estimado na tomada de crédito será financiado apenas com alocação de recursos. Ela esclarece que não se trata de recursos novos, e sim de uma utilização mais eficiente dos que já estão disponíveis.

Com a nova configuração, as condições do crédito para a indústria exportadora passam a ser: juros de 9,1% ao ano e prazo de até 36 meses para empresas inovadoras, juros de 9,1% ao ano e prazo de até 30 meses para micro, pequenas e médias empresas, juros de 9,5% ao ano e prazo entre 24 e 30 meses para bens de capital, juros de 11,53% ao ano e prazo de até 24 meses para bens de consumo e, por fim, juros de 15,75% ao ano e prazo até 24 meses para bens especiais e serviços.

Redação O POVO Online com agências
TAGS