PUBLICIDADE
Notícias

Alemanha mostra otimismo com economia global e negociação de credores com Grécia

10:50 | 12/04/2016
A preocupação com o estado da economia global é exagerado, afirmou uma autoridade do Ministério das Finanças da Alemanha nesta terça-feira. A autoridade insistiu que reformas estruturais, e não estímulos adicionais de bancos centrais, darão mais ímpeto ao crescimento.

"Eu acredito que temos que nos lembrar que os números do crescimento não são tão maus quanto alguns acreditam ou querem nos fazer acreditar", afirmou a autoridade do Ministério das Finanças, ao falar sobre a reunião de primavera dos ministros de Finanças e presidentes de bancos centrais do G-20 em Washington, nos EUA, ainda nesta semana.

O crescimento econômico global de 3,5% para 2017, como previsto pelo Fundo Monetário Internacional (FMI), está acima da média de longo prazo, lembrou a autoridade alemã, que pediu anonimato.

"A política monetária sozinha não será mais capaz de resolver os problemas", disse a fonte. "Nós teremos de discutir abordagens mais inteligentes em Washington para estabelecer um programa geral integrado", afirmou, sem dar detalhes.

Durante a conversa, a autoridade alemã também reiterou que Berlim está otimista sobre as negociações entre a Grécia e seus credores para revisão do pacote de ajuda a Atenas. Segundo a fonte, essa revisão deve ser concluída até 1º de maio, mesmo que os lados tenham dado uma pausa nas conversas nesta terça-feira sem chegar a um acordo sobre as próximas medidas de esforço fiscal gregas. "Eu continuo a estar otimista de que chegaremos a um acordo nos próximos dias e semanas", afirmou. "Todos os lados têm de ceder espaço."

A Alemanha tem como objetivo que a Grécia consiga atingir superávit primário de 3,5% de seu Produto Interno Bruto (PIB) até 2018, disse a autoridade. Berlim teria dificuldade em ir ao Parlamento e pedir uma mudança nesta meta, prosseguiu. A fonte disse também que o governo alemão deseja falar sobre medidas adicionais de alívio na dívida grega, quando o processo de revisão do pacote de ajuda tiver sido concluído. Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS