PUBLICIDADE
Notícias

Páscoa não anima e consumidor deve gastar menos neste ano

Pesquisa nacional mostra que 79% dos consumidores vão reduzir a despesa com as comemorações da data e 70% darão prioridade ao preço; a despesa média com consumo caiu para R$ 82

09:39 | 22/03/2016

O Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC) divulgou uma pesquisa feita, em todo o País, pela Boa Vista SCPC, com a finalidade de analisar o comportamento do consumidor em relação às comemorações da Páscoa. A Pesquisa Hábitos de Consumo verificou que os consumidores estão pouco animados em relação à Páscoa: 79% pretendem gastar menos nas comemorações da data e 70% darão atenção prioritária ao preço e às promoções, e não para a qualidade dos produtos.

A retração dos consumidores para a Páscoa ficou clara também quando se comparam os números deste ano com o levantamento de 2015. A porcentagem dos que pretendem comprar ovos de Páscoa em 2016 é de 45%, ou 15 pontos percentuais abaixo do ano passado. A maior parte deles (55%) vai optar este ano por produtos como bombons, colombas e barras de chocolate. A pesquisa revelou que o valor a ser gasto nas comemorações da data será de R$ 82 em 2016, em comparação a R$ 95 no ano passado.

Na divisão por regiões, a procura por preço menor e promoções será maior no Centro-Oeste, onde 77% farão essa opção (contra 52% em 2015). No Sul a fatia é de 72% (55% no ano passado), no Sudeste, 72% (55%) e no Norte, 67% (45%) e no Nordeste 57% (62%). A prioridade para preço e promoções será maior na classe C (74%), vindo a seguir as classes D/E (70%) e as A/B (62%).

Além disso, segundo o estudo, 53% dizem que a Páscoa gera despesas extras de supermercado pela compra de produtos como bacalhau, peixe, colomba, bebidas, entre outros. Para 60%, a data é sinônimo de celebração, enquanto 20% relacionam a Páscoa com feriado e outros 20% a associam ao consumo de chocolate.

A maioria (83%) pretende pagar à vista as compras referentes à data, dos quais 53% usarão dinheiro como meio de pagamento; depois vem o cartão de débito, com 38%, e cartão de crédito, com 8%. Entre os 17% que pagarão a prazo, 86% planejam usar o cartão de crédito.

Metodologia


Os dados da pesquisa “Hábitos de Consumo – Páscoa 2016” foram obtidos por meio de um levantamento eletrônico realizado pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), de 2 a 23 de fevereiro de 2016, com 504 consumidores usuários do site Consumidor Positivo. Para leitura geral dos resultados, deve-se considerar 95% de grau de confiança e margem de erro de 4%, para mais ou para menos.

 

Redação O Povo Online

TAGS