PUBLICIDADE
Notícias

Murilo Ferreira diz que não há como prever a recuperação do preço do minério

18:40 | 02/03/2016
O presidente da Vale, Murilo Ferreira, disse nesta quarta-feira, 2, que não há como prever como será a recuperação do preço do minério de ferro, que está em baixa no mercado internacional, o que levou a mineradora a anunciar, na semana passada, um prejuízo líquido de R$ 44,213 bilhões, em 2015. "Essas coisas de preço, só quem tem bola de cristal para saber", declarou Murilo Ferreira.

Questionado se acredita que os preços vão melhorar, ele respondeu: "(O preço) já melhorou estes dias, vocês devem estar acompanhando". Ele, no entanto, não quis fazer previsões para os preços nos próximos meses, reiterando que só com bola de cristal.

Murilo Ferreira também não quis falar sobre os prejuízos da empresa em 2015 nem respondeu se acredita que a mineradora reverterá este dado negativo. "Não posso falar sobre resultados da empresa", desconversou.

As declarações do presidente da Vale foram dadas no Palácio do Planalto, após participar de cerimônia de assinatura de acordo para indenização das vítimas de Mariana (MG) e recuperação das cidades atingidas pelo estouro da barragem da Samarco Mineradora, cujos donos são a Vale e a anglo-australiana BHP.

A queda dos preços internacionais do minério de ferro e a menor demanda por parte da China afetaram grandes siderúrgicas e mineradoras em todo mundo. No Brasil, o cenário foi agravado pela crise econômica e atingiu em cheio grandes companhias, como Vale, Usiminas, CSN, Gerdau e a divisão de mineração e siderurgia do grupo Votorantim.

TAGS