PUBLICIDADE
Notícias

Homem mais rico do Ceará cai cinco posições no ranking nacional

Conforme divulgado pela revista Forbes, o empresário Ivens Dias Branco teve diminuição de cerca de R$ 2 bilhões em sua fortuna, indo da 12ª para a 17ª posição no ranking brasileiro.

10:12 | 02/03/2016

O cearense Ivens Dias Branco, o homem mais rico do Estado, caiu cinco posições no ranking nacional da Forbes. Na última atualização da lista, de novembro do ano passado, ele ocupava a 12ª posição, com uma fortuna de R$ 10,11 bilhões. Hoje ele ocupa a 17ª colocação, com R$ 8,2 bilhões, equivalente a cerca de R$ 2 bilhões a menos do que quatro meses atrás.

O empresário, à frente da M. Dias Branco, já havia perdido parte de seu patrimônio na comparação com a atualização anterior da lista, de agosto de 2015, quando sua fortuna era avaliada em R$ 10,26 bilhões (R$ 150 milhões a mais do que em novembro), mas só foi perder posições na lista nesta última atualização.

Brasil

 

O Brasil perdeu participação considerável na lista das pessoas mais ricas do mundo. Conforme a Forbes, em 2015 o país perdeu 23 bilionários, tendo agora apenas 31 brasileiros listados.

O brasileiro mais rico hoje é Jorge Paulo Lemann, cuja fortuna é estimada em US$ 27,8 bilhões, colocando-o na 19ª posição no ranking mundial. O primeiro lugar na lista geral, Bill Gates, tem uma fortuna de US$ 75 bilhões.

Lemann não apenas manteve sua liderança no Brasil, mas também subiu sete posições desde a última atualização da lista e teve um aumento de US$ 2,7 bilhões em seu patrimônio.

O banqueiro Joseph Safra também conseguiu passar por cima da alta do dólar e da retração econômica em 2015: com um patrimônio de US$ 17,2 bilhões, ele subiu para a 42ª colocação no ranking.

Veja a lista dos cinco homens mais ricos do mundo:


1º) Bill Gates
U$ 75 bilhões

2º) Amancio Ortega
US$ 67 bilhões

3º) Warren Buffett
US$ 60,8 bilhões

4º) Carlos Slim Helu
US$ 50 bilhões

5º) Jeff Bezos
US$ 45,2 bilhões

Veja a lista dos cinco brasileiros mais ricos:


1º) Jorge Paulo Lemann
US$ 27,8 bilhões

2º) Joseph Safra
US$ 17,2 bilhões

3º) Marcel Herrmann Telles
US$ 13 bilhões

4º) Carlos Alberto Sicupira
US$ 11,3 bilhões

5º) Eduardo Saverin
US$ 6,2 bilhões

Redação O POVO Online
TAGS