PUBLICIDADE
Notícias

DoE reduz previsão para o preço do Brent neste ano e no próximo

15:50 | 08/03/2016
O Departamento de Energia (DoE) dos EUA reduziu as projeções de preços para o petróleo tipo Brent neste ano e no próximo, citando a expectativa de que as ofertas crescerão mais do que o calculado anteriormente porque a produção robusta tem persistido, apesar do colapso do mercado.

Segundo o DoE, os preços do Brent devem ficar em média em US$ 34 por barril neste ano e em US$ 40 por barril em 2017, abaixo das estimativas feitas no mês passado de US$ 37 por barril e US$ 50 por barril, respectivamente.

"Os estoques globais durante os próximos dois anos deverão crescer mais rapidamente do que o esperado antes por causa da produção mundial maior e da demanda menor gerada pelo crescimento econômico mundial mais fraco", comentou Adam Sieminski, administrador do DoE, em comunicado. "O crescimento maior nos estoques mundiais de petróleo tende a adiar o reequilíbrio entre oferta e demanda no mercado global, o que vai manter os preços baixos", disse Sieminksi.

O aumento dos estoques deverá se traduzir em preços mais baixos nas bombas. O DoE reduziu a estimativa para os preços da gasolina nos EUA para uma média de US$ 1,89 por galão em 2016, US$ 0,08 abaixo da previsão anterior e a menor média anual desde 2004. Os preços da gasolina no varejo ficaram em média em US$ 2,43 por galão no ano passado.

Os preços baixos aumentaram a demanda por gasolina, que cresceu 2,7% em 2015, para 9,2 milhões de barris por dia, o nível mais alto desde a demanda recorde de 9,3 milhões de barris por dia em 2007.

A produção robusta dos EUA também está gerando grandes estoques e preços baixos do gás natural, uma fonte importante de combustível para usinas de energia, calefação e ar condicionado no país.

Os preços do gás natural recentemente atingiram o nível mais baixo em 17 anos e os estoques no fim da temporada de inverno nos EUA, neste mês, estão a caminho de ser os maiores em quatro anos Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS