PUBLICIDADE
Notícias

Aumenta a previsão de queda para inflação e PIB em 2016

Segundo divulgado pelo boletim Focus do Banco Central, o mercado financeiro espera que a inflação para este ano seja menor do que a prevista na semana passada, em 7,43%. A retração prevista para o PIB é de 3,60%.

08:44 | 21/03/2016

A expectativa do mercado financeiro para o fechamento de 2016 é de que haja diminuição na inflação. No entanto, pode-se esperar que que o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro também caia, com contração prevista de 3,60% para o ano, frente a 3,54% estimados na semana anterior.

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que monitora a inflação oficial do país, deverá fechar 2016 em 7,43%. Há uma semana, esse número era de 7,46%, tendo registrado queda também se comparado ao valor de quatro semanas atrás. As informações foram divulgadas nesta segunda-feira, 21, pelo Banco Central, através dorelatório do boletim Focus.

A inflação, apesar da queda, encontra-se abaixo da meta de 6,50% estabelecida no sistema de metas. Em 2017, a expectativa é que fique em 6%, já mais próxima da meta do que a previsão para este ano.

No PIB, a contração prevista para o final do ano tem sido maior a cada semana, tendo sido esse o nono aumento seguido nos relatórios do boletim Focus. O aumento para 2017, anteriormente previsto pelos especialistas como sendo de 0,5%, abaixou para 0,44% esta semana.

 

Juros

 

A projeção do relatório para a taxa Selic em 2016 permaneceu em 14,25%, após o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central ter mantido estáveis os juros básicos da economia, na reunião da semana passada.

 

Para 2017, a previsão é de queda, chegando a 12,50% ao ano. O número é o mesmo divulgado no relatório Focus da semana anterior.

 

Redação O POVO Online

TAGS