PUBLICIDADE
Notícias

Abinee diz que perda do setor com Abengoa pode chegar a R$ 1 bilhão

18:00 | 09/03/2016
Preocupada com os impactos da paralisação da Abengoa na indústria de equipamentos elétricos, a Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) está pressionando o governo por uma solução que evite elevadas perdas no setor e garanta a "saúde financeira" das empresas.

"Manifestamos a preocupação das empresas do setor elétrico com o caso Abengoa e pedimos às autoridades para que possamos participar das discussões e decisões do governo sobre este problema", afirmou o presidente da entidade, Humberto Barbato, em nota na qual comenta sobre diversas reuniões com autoridades federais e anuncia encontro marcado para esta quinta-feira, 10, com o secretário executivo do Ministério das Minas e Energia, Luiz Eduardo Barata, para tratar do assunto.

Estimativa da Abinee indica que as empresas de equipamentos elétricos possuem aproximadamente R$ 1 bilhão em negócios com as concessões de transmissão de energia da Abengoa, em produtos fornecidos para os diferentes projetos da empresa espanhola. Segundo a entidade, há casos em que estas encomendas representam até 70% da capacidade produtiva da indústria. "Precisamos evitar que indústrias tradicionais interrompam suas operações no País, o que poderia agravar ainda mais o quadro de desemprego no Brasil", declarou Barbato, na nota.

A Abengoa paralisou suas atividades no Brasil devido a dificuldades financeiras que a levaram ao processo de recuperação judicial na Espanha e desde então o governo brasileiro busca alternativas para as concessões de transmissão que a empresa detém, entre as quais uma linha em construção que deve escoar parte da energia de Belo Monte. Entre as opções em análise estão o repasse dos projetos para investidores interessados ou a retomada de concessões e sua relicitação.

TAGS