PUBLICIDADE
Notícias

UE melhora previsões para economias da Espanha e Grécia, mas piora a de Portugal

11:50 | 04/02/2016
A Comissão Europeia, braço executivo da União Europeia, melhorou suas projeções para as economias da Espanha e Grécia, mas reduziu a de Portugal.

Em relatório quadrimestral publicado hoje, a comissão prevê que o PIB espanhol crescerá 2,8% este ano e 2,5% em 2017, ante 2,7% e 2,4% anteriormente.

De acordo com a comissão, a criação de empregos, condições favoráveis de financiamento e os preços baixos do petróleo continuam a alimentar o forte consumo doméstico na Espanha.

No ano passado, a economia espanhola cresceu 3,2%, seu melhor desempenho desde que saiu de uma grave recessão, em 2013, segundo estimativa da UE.

Em relação à Grécia, a comissão projeta que o PIB do país terá contração de 0,7% este ano, menor do que o declínio de 1,3% estimado anteriormente. O número está em linha com a previsão incluída no orçamento grego de 2016.

A UE avalia que a implementação de reformas e o relaxamento mais ágil de controles de capital adotados em meados do ano passado podem melhorar a confiança e fortalecer o desempenho econômico da Grécia.

Quanto a Portugal, a UE cortou sua projeção de crescimento para 2016, de 1,7% para 1,6%. O governo português é mais otimista e prevê expansão de 2,1%, de acordo com seu orçamento.

A UE também alertou que o déficit fiscal de Portugal vai continuar acima de 3% do PIB se Lisboa não implementar novas medidas para restringir gastos e impulsionar a receita. A comissão projeta que o déficit fiscal português ficará em 3,4% do PIB em 2016, ante 4,2% no ano passado. O número de 2015, no entanto, inclui a recapitalização de um grande banco que faliu no ano passado. Sem isso, o déficit teria sido de 3%. Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS