PUBLICIDADE
Notícias

UE abre investigação sobre importações de siderúrgicas da China

10:00 | 12/02/2016
A Comissão Europeia abriu nesta sexta-feira três investigações, para apurar alegações de práticas irregulares de siderúrgicas da China. O braço executivo da União Europeia buscará determinar se produtos siderúrgicos importados foram vendidos na UE abaixo dos preços de mercado, prejudicando produtores europeus.

Companhias europeias apresentaram várias queixas nos últimos anos, alegando que as concorrentes chineses exportam parte de seus produtos feitos a partir do aço para a Europa com preços excessivamente baixos. Os três produtos sujeitos às investigações - canos sem costuras, chapas pesadas e aços planos laminados a quente - são originários da China, disse a Comissão Europeia.

Além das três novas investigações, a comissão também decidiu impor tarifas provisórias sobre aços planos laminados a frio vindos da China e da Rússia.

A principal autoridade no setor de comércio da UE, Cecilia Malmström, disse que a Comissão Europeia está agindo e aplica todos os instrumentos à disposição para garantir uma competição justa.

As empresas europeias dizem que as políticas de Pequim levam as companhias chinesas a produzir muito mais produtos que o mercado doméstico pode consumir, o que resulta na venda de muitos produtos baratos para a Europa, os EUA e outros mercados desenvolvidos. Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS