PUBLICIDADE
Notícias

Sentimento das empresas alemãs atinge nível recorde, mostra pesquisa

08:20 | 10/02/2016
O sentimento das empresas na Alemanha atingiu patamar recorde, segundo pesquisa divulgada nesta quarta-feira, refletindo otimismo em relação à economia doméstica, mesmo diante da expectativa de que as exportações desacelerem bastante.

A sondagem, da Câmara de Comércio Alemã (DIHK, na sigla em alemão), revelou que as mais de 27 mil empresas locais pesquisadas se mostraram bastante otimistas em relação ao atual ambiente de negócios, uma vez que o forte consumo privado, o desemprego baixo e os salários mais altos impulsionaram o comércio e o setor de serviços.

"As companhias avaliam que sua situação de negócios nunca esteve tão boa", afirma a DIHK na pesquisa. "De modo geral, os preços baixos do petróleo, a taxa de câmbio fraca e termos de financiamento favoráveis oferecem hoje condições extraordinariamente boas."

Segundo o diretor-gerente da DIHK, Martin Wansleben, o grau de otimismo mostrado pelas empresas surpreendeu, mas há riscos que comprometem uma recuperação econômica geral mais dinâmica.

A DIHK reiterou sua projeção de que o Produto Interno Bruto (PIB) da Alemanha crescerá apenas 1,3% em 2016. O governo alemão tem uma projeção mais otimista para este ano, de expansão de 1,7%.

"A economia alemã está estável, mas o crescimento vai desacelerar um pouco em 2016", afirmou Wansleben. Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS