PUBLICIDADE
Notícias

Regulador chinês aprova mais nove IPOs

10:20 | 16/02/2016
O regulador de valores mobiliários da China deu hoje sua aprovação a um total de nove novas ofertas públicas iniciais (IPOs, na sigla em inglês) de ações.

Quatro empresas - Qianhe Condiment and Food, Zhejiang Starry Pharmaceutical, Jinhui Liquor e Tibet Huayu Mining - vão listar suas ações na Bolsa de Xangai, segundo comunicado publicado no microblog oficial da Comissão Regulatória de Títulos da China (CSRC, na sigla em inglês).

Outras duas companhias - Shenzhen Jiayi Decoration Group e R&T - vão listar suas ações no mercado em Shenzhen e as três restantes vão ser negociadas na ChiNext, que é conhecida como a "Nasdaq chinesa", informa o comunicado.

Todas as empresas divulgarão prospectos após confirmaram a data dos IPOs com os subscritores da oferta e com as bolsas de Xangai e Shenzhen, de acordo com a CSRC.

A aprovação dos IPOs veio após o Xangai Composto, principal índice acionário da China, encerrar o pregão desta terça-feira em alta de 3,3%, a 2.836,57 pontos. Na semana passada, os mercados financeiros do país não operaram, devido ao feriado do ano-novo chinês.

Os nove IPOs são o segundo grupo aprovado desde que a China adotou novas regras para regulamentar esse tipo de oferta, em 1º de janeiro. Outros sete IPOs receberam o aval do regulador em 19 de janeiro.

Pelas novas normas, os investidores não são mais obrigados a destinar mais capital para encomendar novas ações antecipadamente durante o período de subscrição, o que normalmente comprometia a liquidez no mercado secundário.

O apetite por IPOs continua forte, apesar da volatilidade recente nos mercados chineses. A Bolsa de Xangai acumula desvalorização de 20% desde o começo do ano. Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS