PUBLICIDADE
Notícias

Ministro diz que Japão monitora impactos de taxa de juros negativa para bancos

09:25 | 02/02/2016
O ministro das Finanças do Japão, Taro Aso, afirmou nesta terça-feira que os reguladores do país monitoram com atenção como a política de taxa de juros negativa do Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês) afeta os bancos domésticos, no momento em que crescem as preocupações sobre a potencial ameaça para a lucratividade dessas instituições.

"A pressão excessivamente forte" sobre as instituições financeiras poderia minar a capacidade dos bancos para funcionar como intermediários financeiros, disse Aso, que também tem a função de monitorar a Agência de Serviços Financeiros, o regulador bancário japonês.

"As instituições financeiras têm muito dinheiro, mas não há demanda por isso. Esta é a situação da economia do Japão atualmente", disse o ministro. A autoridade acrescentou que o BoJ deve levar isso em conta e está monitorando o impacto de sua política sobre as companhias do setor financeiro.

"Nós também precisamos monitorar com cuidado as condições das instituições financeiras", disse Aso.

Na sexta-feira, o BoJ adotou uma política de taxa de depósito negativa pela primeira vez, que na prática cobra dos bancos que deixam dinheiro parado no banco central. Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS