PUBLICIDADE
Notícias

Em relatório BC reforça que política monetária deve se manter vigilante

19:20 | 26/02/2016
O Banco Central aproveitou mais um documento protocolar para reforçar que a política monetária deve se manter vigilante para conter eventuais efeitos adicionais resultantes dos dois importantes processos de ajustes de preços relativos que dominaram a economia em 2015 (câmbio e administrados). "Só assim será possível ancorar as expectativas, um dos pilares do regime de metas para a inflação, e assegurar a convergência da inflação para a meta", trouxe o Relatório de Administração do BC, documento que é divulgado na ocasião da publicação do balanço da instituição.

Mais uma vez também, o BC diz que, independentemente do contorno das demais políticas, adotará as "medidas necessárias" para assegurar o cumprimento dos objetivos do regime de metas. Isso significa, conforme a autoridade monetária, circunscrever a inflação aos limites estabelecidos pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), em 2016, e fazer convergir a inflação para a meta de 4,5%, em 2017.

O texto extenso que está na página do BC na internet traz também os elementos que foram responsáveis pela alta do IPCA de 10,67% no ano passado, com um conteúdo muito similar ao da carta aberta que o presidente da instituição, Alexandre Tombini, escreveu há pouco mais de um mês para o ministro da Fazenda, Nelson Barbosa. Em resumo, o Relatório traz detalhes sobre o comportamento da economia doméstica como sugere seu título: "Inflação de 2015 refletiu os ajustes de preços relativos na economia brasileira".

Para o BC, a separação de dealers promovida em agosto do ano passado também proporciona mais eficiência às operações de mercado aberto. Num ano em que muitos agentes financeiros clamaram pelo uso das reservas internacionais para conter a disparada do dólar - principalmente depois do primeiro rebaixamento de grau de investimento do Brasil, em setembro -, a avaliação da instituição é a de que a gestão desse colchão de liquidez aplica as melhores práticas de governança.

Pela análise da autoridade monetária, a rolagem integral dos contratos de swap cambial, que vem sendo feita desde março de 2015, contribui para redução da volatilidade. Da mesma forma, citou que as alterações realizadas na área dos compulsórios ajustam o mercado de crédito. Outro ponto destacado pelo BC é o de que o sistema bancário apresenta "confortável capacidade de liquidez".

O documento destaca ainda que, para otimizar a utilização de seus funcionários, implementou no ano passado uma metodologia de supervisão massificada das instituições financeiras. Além disso, comemora o fato de ter recuperado mais de R$ 3 bilhões em créditos de grandes devedores em 2015. O documento, que é extenso, cita ainda relacionamento com o cidadão, lançamento de moedas comemorativas, assinatura de convênios e o aniversário de 50 anos da instituição, entre outros pontos.

TAGS