PUBLICIDADE
Notícias

Cobre fecha em queda, com dados fracos nos EUA e cautela com Ano Novo na China

16:40 | 05/02/2016
Os contratos futuros do cobre fecharam que queda, influenciados pela divulgação de dados mais fracos do que o esperado sobre o mercado de trabalho nos Estados Unidos, e em meio a um dia de baixo volume de negócios, em decorrência do início das comemorações do Ano Novo Lunar na China, que começa na próxima segunda-feira, dia 08.

Na London Metal Exchange (LME), os contratos do cobre para três meses fecharam a US$ 4.630,00 por tonelada, em queda de US$ 57,00 (1,23%). Na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), os contratos do cobre para março fecharam a US$ 2,1030 por libra-peso, em queda de US$ 0,0285 (1,34%).

Os metais básicos "recuaram nesta sessão, acompanhando o petróleo e o volume de negócios foi baixo, com a aproximação do Ano Novo Lunar na China", disse Liz Grant, da Sucden Financial. A China é o maior consumidor mundial de cobre, e com as comemorações, ficará com os mercados fechados na próxima semana.

Além disso, a economia dos EUA criou 151 mil empregos em janeiro, segundo o Departamento do Trabalho. O resultado ficou abaixo da previsão de analistas consultados pela Dow Jones Newswires, que esperavam 185 mil novas vagas. Os dados causaram dúvidas no mercado sobre o ritmo da recuperação da maior economia do planeta, e pesou sobre o mercado de cobre. Os EUA disputam com a União Europeia o segundo lugar no ranking dos maiores consumidores de cobre.

Entre outros metais básicos negociados na LME, o alumínio caiu 2,3%, para US$ 1.500,00 a tonelada; o zinco recuou 2,2%, para US$ 1.677,00 a tonelada; o níquel perdeu 4,5%, e fechou cotado a US$ 8.160,00 a tonelada; e o chumbo perdeu 1,8%, e fechou cotado a US$ 1.770,00. (Matheus Maderal, com informações da Dow Jones Newswires)

TAGS