PUBLICIDADE
Notícias

Veículo mais vendido em 2015, Onix foi também o mais financiado, diz Cetip

19:35 | 21/01/2016
Veículo mais vendido no Brasil em 2015, o Onix, da GM, foi também o mais financiado pelos consumidores no mercado de novos, mostram dados divulgados nesta quinta-feira, 21, pela Unidade de Financiamento da Cetip, integradora do mercado financeiro. O modelo registrou 92.123 financiamentos no ano passado, seguido pelo Palio, da Fiat, com 82.413 unidades, e pelo HB20, da Hyundai, com 68.204.

Com a liderança do Onix entre os modelos, a GM também ficou em primeiro lugar na competição entre montadoras, com 259.652 unidades financiadas. Neste caso, a diferença para o segundo lugar é mais apertada. A Fiat, que aparece em seguida, registrou 258.470 financiamentos. E o terceiro lugar não pertence à Hyundai, mas sim à Volkswagen, com 215.297 unidades.

O Gol, que já foi o carro mais vendido do País por vários anos, ficou apenas em sexto entre os modelos mais financiados, com 54.581 unidades. Além de perder para Onix, Palio e HB20, ficou atrás do Prisma, da GM, e do Ka, da Ford. No entanto, no mercado de veículos usados, o compacto da Volkswagen aparece na liderança, com 234.267 unidades, bem acima do segundo colocado, o Palio, que somou 151.477 financiamentos. O Uno, também da Fiat, ficou em terceiro, com 130.698.

Embora a maior parte dos veículos seja vendida por meio de um financiamento, o número de financiados não se aproxima do total de unidades comercializadas. A GM, por exemplo, vendeu 125.931 unidades do Onix em 2015, segundo dados da Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). Deste total, 73% foram financiados (92.123 unidades). No caso do Palio, a participação de financiados no total de vendidos é ainda menor: 67%.

Na semana passada, a Cetip divulgou os resultados gerais do setor automotivo. Considerando todos os modelos e montadoras, os financiamentos atingiram 5,311 milhões de unidades no ano passado, queda de 16,9% em relação ao volume de 2014. Para os novos, houve recuo de 26% em comparação com 2014, para 2,338 milhões, recuo próximo do verificado pela Fenabrave para a venda de veículos novos, de 26,5% no mesmo tipo de comparação. Para os usados, a baixa observada pela Cetip foi de 8%, para 2,973 milhões de financiamentos.

TAGS