PUBLICIDADE
Notícias

Tombini será presidente do comitê de orçamento do FSB a partir de fevereiro

13:55 | 21/01/2016
O presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, presidirá o Comitê Permanente de Orçamento e Recursos do Financial Stability Board (FSB) a partir de 1º de fevereiro deste ano até 30 de abril de 2018. A informação foi revelada nesta quinta-feira, 21, pela instituição e replicada no site do BC brasileiro.

O FSB monitora e faz recomendações sobre o sistema financeiro global, com o objetivo de promover a estabilidade financeira e atua como braço operacional para assuntos financeiros do grupo de líderes dos países do G20. O SCBR, sigla inglesa para o comitê, é responsável por propor e controlar o orçamento do FSB, além de rever os relatórios anuais orçamentário e de auditoria. O SCBR também é responsável por revisar a avaliação da qualidade, da quantidade e da composição do quadro de recursos humanos do FSB, entre outros assuntos.

Indicado pelo presidente do FSB, Mark Carney, também presidente do Banco Central da Inglaterra (Bank of England), Tombini assumirá a presidência do SCBR no lugar de Jens Weidmann, presidente do Banco Central alemão (Deutsche Bundesbank), que deixa o posto para assumir o conselho de diretores (Board of Directors) do Banco de Compensações Internacionais (Bank for International Settlements, BIS). Tombini passará a acumular a nova função com a de membro do Board do BIS e da Plenária do FSB.

TAGS