PUBLICIDADE
Notícias

GM cita encolhimento do mercado de veículos em 2015 ao comentar paralisação

16:45 | 18/01/2016
Ao comentar a paralisação da unidade de São José dos Campos (SP), a General Motors alega estar fazendo um grande esforço financeiro para cumprir o acordo de pagamento da segunda parcela da Participação dos Lucros e Resultados (PLR) de 2015.

"A paralisação da produção, especialmente neste momento de profunda transformação do mercado brasileiro, que teve uma queda nas vendas de 26,6% apenas em 2015, e uma queda de aproximadamente 47% se compararmos com o mercado de 3,8 milhões de unidades em 2012, só aprofunda ainda mais a deterioração da posição financeira da companhia", diz a empresa, em nota enviada ao Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência estado.

Os metalúrgicos da GM no interior paulista estão paralisados desde a manhã desta segunda-feira, 18, quando um terço dos 5 mil funcionários da unidade voltaria de férias coletivas. Eles não reassumiram suas funções, após rejeitarem, em assembleia, a primeira proposta da montadora.

"A empresa lamenta que as propostas debatidas não tenham sido aceitas pelo Sindicato e tenham paralisado temporariamente as operações", diz a nota.

A GM afirma ainda que fez, desde 2012, todos os esforços para evitar o corte de empregados, incluindo férias coletivas, layoff, banco de horas e programas de desligamento voluntário. "A GM reforça sua disposição para o diálogo construtivo no sentido de encontrar alternativas para nos mantermos competitivos neste contexto de grande transformação no mercado brasileiro", diz.

TAGS