Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Borracha é o produto com maior variação de preço na lista de material escolar em Fortaleza

O item pode variar até 130% de uma loja para outra na capital cearense. O levantamento foi realizado em 10 livrarias da Capital
16:41 | Jan. 11, 2016
Autor O Povo
Foto do autor
O Povo Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Material escolar pode ter preços que variam em até 130% de uma loja para outra, segundo pesquisa realizada pelo Procon Fortaleza, divulgada nesta segunda-feira, 11. O levantamento foi realizado em 10 livrarias da Capital, de 4 a 6 de Janeiro, coletando preços que tomam como referência as mesmas marcas e inclui produtos como lápis, caneta, borracha, régua, apontador de lápis, tesoura, cadernos, mochilas e dicionário.

Em meio às oscilações nos valores, foi a borracha o produto que apresentou a maior variação nos preços, indo de R$ 0,65 a R$ 1,50, ou seja, uma diferença de 130,77%.

A orientação do órgão é que pais e responsáveis dos estudantes observem se na lista de material escolar consta itens que não podem ser cobrados, pois são considerados de uso coletivo. "Escolas não podem exigir marcas, nem condicionar a compra a fornecedor exclusivo, quando houver concorrência no mercado", explica o Procon.
[SAIBAMAIS 3]
Dicas na compra do material escolar

- Pais ou responsáveis devem pesquisar preços e escolher fornecedores de sua preferência;

- A escola só pode pedir até uma resma de papel por aluno, mais do que isso já pode ser considerado exagero;

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

- Antes de comprar, verifique se existem itens que sobraram do período anterior e avalie a possibilidade de reaproveitá-los;

- Algumas lojas concedem descontos para compras em grupos ou de grandes quantidades ou venda por atacado;

- Caso a escolha seja pelo pagamento à vista, peça desconto. Analise os juros e taxas cobradas nas compras com o cartão de crédito parcelado;

- É importante frisar que o pagamento do valor total de uma só vez com cartão de crédito é considerado como à vista, portanto, o preço não deve sofrer alteração;

- O estabelecimento comercial é obrigado a fornecer a nota fiscal da compra. Somente com este documento pode-se exigir a solução de problemas com a mercadoria;

- Produtos importados seguem as mesmas regras de marcas nacionais, resguardados os direitos do CDC;

- Evite comprar no comércio informal. Isso pode dificultar a troca ou assistência do produto se houver necessidade.

- Muita atenção a embalagens de materiais como colas, tintas, pincéis atômicos, fitas adesivas, que devem conter informações claras, precisas e em língua portuguesa a respeito do fabricante, importador, composição, condições de armazenagem, prazo de validade e se apresentam algum risco.

Serviço
Confira aqui os itens que não podem ser cobrados na Lista de Material Escolar 2016, bem como a Portaria do Procon Fortaleza que dispõe sobre cláusulas contratuais escolares consideradas abusivas.
http://fortaleza.ce.gov.br/procon/material-escolar

Consulte a pesquisa completa aqui
http://www.fortaleza.ce.gov.br/sites/default/files/material_escolar_-_2016_pesquisa_e_relatorio.pdf

Como denunciar
O consumidor pode denunciar abusividade pelo aplicativo Procon Fortaleza. Basta baixar no Android: Procon Fortaleza; ou no sistema IOS: http://applink.com.br/procon.fortaleza. Ou ainda pela internet www.fortaleza.ce.gov.br/procon, no link Atendimento Virtual. Mais informações pela Central de Atendimento ao Consumidor, 151.

Redação O POVO Online 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags