PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Atividade do comércio recua 1,3% em 2015, revela Serasa Experian

15:35 | 12/01/2016
O movimento dos consumidores nas lojas brasileiras caiu 1,3% em 2015, apontou o Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio. Este foi o pior resultado do varejo nacional desde 2002, quando a queda havia sido de 4,9%, e o segundo negativo desde o início da série história, em 2001.

Todos os grupos pesquisados apontaram queda no ano passado. O maior recuo foi em Veículos, Motos e Peças, cuja atividade cedeu 19,0%. A menor baixa foi no setor de Móveis, Eletroeletrônicos e Informática, com variação negativa de 0,9%.

Entre os demais segmentos, o setor de Tecidos, Vestuário, Calçados e Acessórios registrou queda de 3,5%; o de Material de Construção caiu 2,1%; o de Hipermercados, Supermercados, Alimentos e Bebidas cedeu 1,1%; e o de Combustíveis e Lubrificantes perdeu 1,0%.

De acordo com os economistas da Serasa Experian, a retração da atividade do comércio no ano de 2015 foi provocada pelo aumento da inflação, pela queda da confiança dos consumidores, pela elevação do desemprego e pelo aperto nos juros.

TAGS