PUBLICIDADE
Notícias

Agenda do Conef é tema de reunião entre BC e Febraban

16:35 | 18/01/2016
O diretor de Administração e de Relacionamento Institucional e Cidadania do Banco Central, Luiz Feltrim, e o presidente da Associação de Educação Financeira no Brasil (AEF-Brasil), Murilo Portugal, discutiram a agenda do Comitê Nacional de Educação Financeira (Conef) em reunião na manhã desta segunda-feira, 18, em São Paulo. Claudia Forte, que assumiu a superintendência da AEF-Brasil em dezembro, também participou do encontro na escritório da autoridade monetária na capital paulista, segundo a assessoria da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), também presidida por Portugal.

De acordo com a assessoria do BC, desde que assumiu a presidência rotativa do Conef, recentemente, este foi o primeiro contato de Feltrim com a AEF-Brasil. O Conef foi criado em dezembro de 2010 e é responsável por definir planos, programas e ações, além de coordenar a execução da Estratégia Nacional de Educação Financeira (Enef).

No âmbito do comitê, o Banco Central é responsável por exercer periodicamente a presidência, que se dá em regime de rodízio, entre Banco Central do Brasil, Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc), Superintendência de Seguros Privados (Susep) e Ministério da Fazenda, coordenar o desenvolvimento da educação financeira de adultos no âmbito da Enef e exercer a secretaria-executiva do comitê.

Além do BC e da Febraban, também integram o Conef a CVM, a Previc, a Susep, os ministérios da Fazenda, Educação, Previdência Social e Justiça, a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima), a BM&FBovespa e a Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização (CNSeg).

O Conef tem um convênio com a AEF-Brasil válido até 30 de dezembro de 2016 para a execução de ações da Enef. Segundo informações disponíveis no site do BC, o convênio pode ser renovado.

TAGS