PUBLICIDADE
Notícias

Opep acusa produtores de fora do grupo de não quererem cooperar

08:05 | 10/11/2015
O secretário-geral da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), Abdallah Salem el-Badri, defendeu a polêmica estratégia do grupo de não conter a produção para combater a tendência de queda nos preços da commodity e acusou os produtores que não pertencem ao cartel de não cooperarem no assunto.

"Precisa haver um esforço conjunto entre a Opep e a não-Opep", disse Badri, durante conferência em Abu Dabi.

Segundo Badri, fornecedores de fora da Opep têm rechaçado sugestões de que cooperem em reduzir a oferta global de petróleo para equilibrar o mercado, e o cartel não vai agir sozinho para subsidiar produtores de custo maior.

"Se cortarmos, vamos continuar cortando todas as vezes", afirmou Badri. "Desde que os preços fiquem entre mais de US$ 80 e US$ 100 por barril, essa oferta da não-Opep vai se manter até 2021 se os subsidiarmos todos os anos. Precisamos compartilhar o fardo. Todo mundo deve contribuir." Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS