PUBLICIDADE
Notícias

ANP aprova devolução de campos de Tubarão Gato, Tigre e Areia, da OGPar

19:00 | 29/05/2015
A Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustível (ANP) aprovou a devolução dos campos de Tubarão Gato, Tigre e Areia, na Bacia de Campos, que estavam concedidas à OGPar (ex-OGX). Os campos de água rasa tiveram a comercialidade declarada em 2013, e a empresa já havia solicitado a devolução em fevereiro de 2014, após a grave crise que se abateu sobre o grupo do ex-bilionário Eike Batista. Segundo a decisão da ANP, foi firmado um Termo de Resilição Parcial Contratual entre a reguladora e a concessionária, tornando oficial a devolução dos campos.

As áreas foram determinantes para a derrocada da empresa, pois as comunicações superestimadas das reservas nos campos desencadeou questionamentos e processos contra o empresário. Ao declarar a comercialidade das áreas, a empresa havia indicado a estimativa de reservas superiores a 800 milhões de barris de óleo no reservatório. Entretanto, apenas quatro meses após o comunicado, a empresa declarou a intenção de devolver as áreas por considerá-las "inviáveis".

Ao anunciar oficialmente à ANP a decisão de devolver as áreas, a empresa alegou que "não foram encontradas soluções viáveis para o desenvolvimento técnico-econômico desses campos, apesar dos esforços empreendidos", segundo comunicado de fevereiro de 2014. Por conta da decisão, a empresa cancelou encomendas de plataformas e obteve prejuízos financeiros, além de ações sancionadoras e processos questionando a prática de 'insider trading' pelo acionista controlador.

TAGS