PUBLICIDADE
Notícias

CNDL prevê queda de 3,6% nas vendas a prazo no Dia das Mães

15:40 | 30/04/2015
As vendas a prazo no comércio devem cair 3,6% na semana do Dia das Mães, entre 3 e 9 de maio, na comparação com os sete dias que antecederam a data comemorativa em 2014. A projeção é do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) com base na quantidade de consultas feitas ao banco de dados do SPC Brasil para compras a prazo em todo o território nacional. Se a estimativa for confirmada, as vendas a prazo devem apresentar a segunda queda consecutiva desde o início da série histórica, há seis anos. Nos anos anteriores, as variações foram de -3,55% (2014), 6,44% (2013), 4,40% (2012), 6,53% (2011) e 9,43% (2010).

O Dia das Mães é considerado a segunda melhor data para o comércio, perdendo apenas para o Natal, tanto em volume de vendas como em faturamento. Segundo a CNDL, a atual conjuntura econômica de inflação elevada, juros em alta e dólar valorizado tem pesado no poder de compra dos brasileiros e deve criar dificuldades para a retomada do crescimento do varejo. A projeção de queda para este ano leva em consideração, ainda, "o baixo grau de confiança do empresário brasileiro com os rumos da economia, já que os consumidores têm se deparado com o enfraquecimento do poder de compra e o encarecimento das parcelas por conta da alta nas taxas de juros", diz a nota.

TAGS