PUBLICIDADE
Notícias

Zeina Latif avalia que Volpon deve ajudar BC no relacionamento com investidores

19:50 | 05/02/2015
O economista Tony Volpon, indicado para ocupar a diretoria de Assuntos Internacionais do Banco Central, por ser muito conhecido fora do Brasil, deverá ajudar a autoridade monetária em seu relacionamento com os investidores estrangeiros. Essa é a avaliação que faz a economista-chefe da XP Investimentos, Zeina Latif, sobre a indicação do economista da Nomura Securities Internacional para ocupar a área Internacional do BC, no lugar de Luiz Awazu Pereira, que passa a ocupar a Diretoria de Política Econômica.

Para Zeina, hoje a Diretoria de Assuntos Internacionais do BC não é mais como era no passado, quando a autoridade monetária participava das emissões de títulos. "Hoje a diretoria está um pouco esvaziada. Se tornou uma espécie de embaixada lá fora", disse Zeina ao Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado.

Outro papel importante que Volpon deverá desempenhar dentro do BC, segundo a economista da XP Investimentos, é o de ajudar a melhorar a comunicação da autarquia com o mercado. "Como o Volpon é um homem do mercado, ele poderá ajudar o BC na sua comunicação, que tem sido errática nos últimos tempos", disse Zeina.

TAGS