PUBLICIDADE
Notícias

Operadoras desembolsam R$ 5,1 bi para uso de faixas 4G de 700MHz

13:40 | 05/12/2014

Os termos de autorização de uso da faixa de 700 MHz para telefonia 4G foram assinados nesta sexta-feira, 5. As quatro operadoras vencedoras da licitação desembolsaram juntas R$ 5,1 bilhões, de acordo com informações da Anatel. A previsão é de que até 2019 todos os municípios sejam contemplados com o serviço de internet 4G. O prazo para Fortaleza, segundo determinação do Ministério das Comunicações é 30 de julho de 2017.

Claro S.A. pagou o valor total pelo primeiro lote (R$ 1,7 bilhão), Tim Celular S.A. e Telefônica Brasil S.A. desembolsaram cada uma R$ 1,6 bilhões (97% da conta), enquanto Algar Celular S.A. pagou só a primeira parcela (2,6 milhões e 10% da dívida). A licitação ocorreu em 30 de setembro.

A utilização da faixa de 700 MHz permitirá a prestação de telefonia móvel de quarta geração e internet em banda larga de alta capacidade, inclusive em áreas rurais a um custo operacional mais baixo, uma vez que a faixa de 700Mhz é ideal para a cobertura de grandes distâncias. Atualmente, o 4G no Brasil é prestado na faixa de 2,5 GHz.

Para o presidente da Anatel, João Rezende, a licitação contribui decisivamente para o desenvolvimento das telecomunicações, pois permitirá com maior cobertura e velocidade de internet móvel, e criará as condições para a digitalização total da TV aberta no Brasil, além de incentivar a indústria nacional dedicada aos dois setores.

Redação O POVO Online

TAGS