PUBLICIDADE
Notícias

Mantega: problemas conjunturais nos últimos 2 anos são superáveis

15:00 | 30/12/2014
Faltando um dia para deixar o governo, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, divulgou uma edição especial do boletim Economia Brasileira em Perspectiva no qual faz um balanço dos dados econômicos na gestão petista. O último documento havia sido divulgado em março de 2013.

Na apresentação do documento, o ministro destaca os avanços do Brasil nos últimos 12 anos e afirma que o Brasil deixou de ser uma economia vulnerável e passou a ser um País sólido e respeitado na cena internacional. "O saldo de transformações do Brasil é extremamente positivo, apesar dos percalços e das dificuldades enfrentadas, sobretudo nos últimos anos da grande crise mundial", afirma o ministro.

Mantega diz também que a crise prolongada levou a uma ação anticíclica bastante ousada pelos padrões da história da economia brasileira. Segundo ele, a solidez da economia brasileira advém de mais de US$ 370 bilhões de reservas, do forte fluxo de investimento externo direto, de uma dívida externa pequena, do mercado interno em expansão, do menor nível de desemprego de toda a série histórica, de um setor financeiro robusto, de uma agricultura dinâmica em contínua expansão e de um grande programa de infraestrutura.

Ele citou a seca prolongada que causou pressões inflacionárias que atrapalham até hoje, além da retirada dos estímulos monetários nos Estados Unidos que afeta os emergentes desde 2013. "Estes e outros problemas conjunturais, que apareceram nos últimos dois anos, são superáveis e não invalidam o fato de que, hoje, mais do que em outra época, a economia brasileira está sólida e, com os devidos ajustes, preparada para engatar um novo ciclo de crescimento nos próximos anos", finaliza o ministro em sua apresentação.

TAGS