PUBLICIDADE
Notícias

FecomercioSP: confiança do comerciante sobe 0,9% em novembro

10:50 | 09/12/2014
O Índice de Confiança do Empresário do Comércio no Município de São Paulo (ICEC) apresentou alta de 0,9% em novembro ante outubro, mas recuou 12,7% em relação ao mesmo mês do ano passado, divulgou nesta terça-feira, 09, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP). Em uma escala de zero (pessimismo total) a 200 pontos (otimismo total), o indicador chegou a 103,6 pontos, ante 102,6 pontos no mês passado.

Entre os fatores que puxaram a alta na margem estão o Índice de Expectativa do Empresário do Comércio (+1,5%, a 143,3 pontos) e o Índice de Investimento do Empresário do Comércio (+1,5%, a 98,9 pontos). Apenas o Índice das Condições Atuais do Empresário do Comércio registrou declínio (-1%, a 68,6 pontos).

Pelo segundo mês consecutivo, as empresas de menor porte (com até 50 funcionários) foram as responsáveis pelo aumento da confiança dos empresários do comércio, com alta de 1,2% na variação mensal. Já nas empresas de maior porte, houve retração de 8,9% no período. Na comparação com igual mês de 2013, houve queda na confiança do comerciante tanto de empresas menores (-12,5%) quanto nas maiores (-20,2%).

Com base nestes dados, a assessoria econômica da FecomercioSP afirma que "está distante a hipótese de melhora profunda na condução econômica do País, já que as grandes empresas são as primeiras a ter percepção mais adequada do ambiente". Ainda segundo a instituição, a desaceleração da massa de salários e da expansão mais tímida do crédito, que inibem a intenção de compra dos consumidores e afetam os resultados do varejo, são apontados como as causas da insatisfação dos empresários sobre o momento atual da economia.

A alta de 0,9% verificada em novembro, na margem, é a terceira alta mensal consecutiva após sete quedas sucessivas. A intensidade da alta, contudo, vem desacelerando, uma vez que, em outubro foi de 2,1%, e, em setembro, de 2,3%.

TAGS