PUBLICIDADE
Notícias

Conselho curador afasta Emediato do comitê de investimento do FI-FGTS

15:40 | 10/12/2014
O conselho curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) decidiu afastar o jornalista Luiz Fernando Emediato, representante da Força Sindical, do comitê de investimento do FI-FGTS. O comitê é responsável por aprovar os aportes do bilionário fundo de investimento administrado pela Caixa Econômica Federal, o segundo maior financiador de infraestrutura do País.

A decisão do conselho foi motivada por um possível conflito de interesse revelado pelo jornal O Estado de S. Paulo em junho deste ano. Emediato procurou ao menos quatro empresas, beneficiadas ou presentes na lista de espera por recursos do FI-FGTS, para que patrocinassem a montagem de um filme baseado num livro que escreveu. No caso do Banco Original, do grupo J&F, ele conseguiu a captação de R$ 1 milhão.

O Tribunal de Contas da União (TCU) já tinha recomendado que o conselho apurasse o caso. O processo passou à corregedoria do Ministério do Trabalho. Enquanto isso, o conselho pediu o afastamento temporário de Emediato do comitê, formado por 12 integrantes, todos indicados pelo governo, centrais e associações patronais. Deve entrar no lugar dele o primeiro suplente da bancada dos trabalhadores: Eduardo Celso Bastos Navarro de Andrade, da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB).

Quando recebeu dinheiro do Banco Original para o filme, Emediato fazia parte do comitê de investimento como representante do ministério, então sob o comando de Brizola Neto (2013). O fundo financiou R$ 1,8 bilhão à Eldorado Brasil Celulose, controlada pelo grupo J&F, que mantém empresas em diversos segmentos com destaque para a JBS, maior produtora de carne bovina do mundo.

Além do Banco Original, o banco BTG, de André Esteves, e as construtoras Camargo Corrêa e Odebrecht também foram consultadas para darem apoio ao longa-metragem baseado no livro de Emediato. Depois de questionado pelo Estado sobre as operações, Emediato pediu que as duas construtoras desconsiderassem o pleito, alegando que poderiam causar conflito de interesses. Em sua defesa, Emediato disse à reportagem e oficialmente aos membros do comitê que não participaria de reuniões deliberativas envolvendo eventuais patrocinadoras do filme.

TAGS