PUBLICIDADE
Notícias

China: inadimplência deve subir em 2015, diz banco

05:30 | 05/12/2014
Os bancos chineses devem continuar enfrentando um aumento no nível de inadimplência em 2015, com maior probabilidade desta alta chegar ao seu pico no segundo semestre do ano, disse o banco estatal Orient nesta sexta-feira, em relatório.

Segundo o comunicado, o mercado imobiliário será a maior fonte de inadimplência no ano que vem, uma vez que as construtoras lutam contra a queda de preços e o crédito mais restrito. "Se os preços das casas caem em torno de 30%, eles irão exceder a capacidade dos bancos de suportar os prejuízos", afirmou o Orient.

Os empréstimos inadimplentes dos bancos da China cresceram 36% nos 12 meses encerrados em setembro, para 766,9 bilhões de yuans (US$ 123,7 bilhões). O volume tem avançado ao longo dos últimos 12 trimestres, como consequência da desaceleração da economia chinesa.

A economia da China, que há alguns crescia a ritmo de dois dígitos, avançou 7,3% no terceiro trimestre ante igual período do ano passado, desempenho mais lento em comparação com os 7,5% anotados no segundo trimestre e dos 7,7% em 2013. "O aumento da inadimplência no setor bancário vai continuar por quatro a seis trimestres e pode atingir seu maior nível no meio ou no final de 2015", disse o banco estatal. Fonte: Dow Jones Newswires.

TAGS