PUBLICIDADE
Notícias

Capital Economics aposta em alta de 0,5 ponto da Selic

14:00 | 02/12/2014
O Banco Central deve elevar o ritmo do aperto monetário e subir a Selic em 0,5 ponto porcentual na reunião que termina na quarta-feira, 3, segundo a consultoria britânica Capital Economics. "A principal mensagem por trás da nova equipe econômica da presidente Dilma Rousseff é um retorno à ortodoxia. A política monetária deve passar por novos apertos à medida que o BC tenta restabelecer suas credenciais no combate à inflação e reconquistar a confiança dos mercados", diz o texto, assinado pelo economista chefe para mercados emergentes, Neil Shearing.

Segundo o relatório, o Comitê de Política Monetária (Copom) deve optar por um ciclo de aperto mais agressivo, porém menor. A Capital Economics aposta em uma alta de 0,5 pp agora e um novo aperto de mesma magnitude em janeiro, que encerraria o movimento de ajuste dos juros.

Mesmo com essas projeções, a consultoria reconhece que o aperto de 0,5 ponto amanhã não é garantido. O analista aponta que a economia permanece extremamente fraca, com o PIB crescendo apenas 0,1% no terceiro trimestre, na margem. Além disso, os dados da produção industrial em outubro divulgados hoje sugerem que não houve uma melhora na atividade no quarto trimestre. "Mais importante, existem sinais de que a inflação já atingiu um pico e deve voltar para dentro da meta do BC no último mês do ano", aponta o documento.

TAGS