PUBLICIDADE
Notícias

Atenção ao preencher cheques em 2015

A Federação Brasileira de Bancos alerta para o preenchimento correto dos cheques com o novo ano, documentos com datas erradas não serão pagos

09:08 | 30/12/2014
Preencher cheques é uma tarefa simples para clientes bancários, mas errar o ano na data do cheque é um dos erros mais comuns no início do ano. Os clientes ainda têm na memória o ano que acabou e acabam preenchendo a data de forma errada.

A Federação Brasileira de Bancos – FEBRABAN lembra que a partir do dia 1º de janeiro os cheques devem ser preenchidos com o ano de 2015.

Caso o cheque esteja com data errada, somente será compensado o documento em que for constatado que realmente houve equívoco no preenchimento da data, caso contrário ele será devolvido. De acordo com Walter de Faria, diretor adjunto de operações da FEBRABAN, a medida vale até o fim de janeiro. “O objetivo da ação é minimizar os transtornos nos serviços de compensação do sistema bancário”, afirma. E acrescenta: “é importante sempre ficar atento e preencher o cheque de forma correta”.

Vale ressaltar que o prazo para compensação dos cheques com valores inferiores a R$ 299,99 é de até dois dias úteis. Valores acima de R$ 300,00 são compensados em até um dia útil.

Dicas da FEBRABAN para evitar eventuais problemas:

•    Emita sempre cheques nominais e cruzados
•    Ao preencher cheques, elimine os espaços vazios, evite rasuras
•    Evite circular com talões de cheques. Leve apenas a quantidade de folhas que pretende utilizar no dia
•    Quando receber um novo talão, confira os dados referentes ao nome, número da conta corrente e CPF e a quantidade de cheques do talonário;
•    Tome o máximo de cautela na guarda dos talões. Destaque a folha de requisição e guarde em separado
•    Nunca deixe requisições ou cheques assinados no talão
•    Destrua os talões de contas inativas
•    Separe os cheques de qualquer documento pessoal
•    Não utilize caneta hidrográfica ou com tinta que possa ser facilmente apagada. Evite canetas oferecidas por estranhos
•    Não forneça dados pessoais por telefone
•    Nunca utilize maquineta de preenchimento de cheques com fita à base de polietileno, pois os valores preenchidos poderão ser facilmente apagados e modificados.
Redação O POVO Online
TAGS