PUBLICIDADE
Notícias

Operação combate fraude em importações no Galeão

10:10 | 13/11/2014
Receita Federal, Polícia Federal e Ministério Público Federal deflagraram nesta quinta-feira, 13, operação para combater grupo responsável pela entrada irregular de mercadorias estrangeiras pelo Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro Antônio Carlos Jobim (Galeão).

Segundo nota da Receita, os fraudadores se utilizavam de uma grande empresa multinacional, importando fraudulentamente em seu nome e contando com a participação de despachantes por ela contratados, de forma a burlar o controle de risco praticado pela Administração Aduaneira.

Pela operação, intitulada Forésia, estão sendo cumpridos mandados de busca e apreensão em residências e empresas relacionadas ao grupo que, ao longo de mais de dois anos, foi responsável pela entrada irregular de mais de 330 toneladas de mercadorias estrangeiras, importadas por via aérea e desembaraçadas no Aeroporto do Galeão.

As ações ocorrem no Rio de Janeiro e em São Paulo e buscam a obtenção de provas complementares de participação, modo de funcionamento e destinação dos valores obtidos com o ilícito que possa configurar o crime de lavagem de dinheiro. Participam da operação 12 servidores da Receita e cerca de 24 policiais federais.

A Receita explica que o nome da operação decorre de conceito da Biologia forésia ou foresia, que significa a associação entre indivíduos de espécies diferentes em que um se utiliza do outro para transporte, sem parasitismo.

TAGS