PUBLICIDADE
Notícias

LCA estima que reajustes elevam IPCA em 0,15 p.p.

19:10 | 06/11/2014
O reajuste nos preços dos combustíveis, anunciado nesta noite de quinta-feira, 6, pela Petrobras, deve ter um impacto de 0,15 ponto porcentual na inflação oficial medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de 2014, conforme cálculos do economista Étore Sanchez, da LCA Consultores. Segundo ele, o aumento de 3% para a gasolina e de 5% no diesel já poderá ser absorvido no IPCA-15 de novembro. "Isso, adotando a hipótese de que o reajuste na refinaria poderá ser repassado integralmente aos consumidores", afirmou. "Só uma alta corroborou nossa expectativa, que foi o do diesel", completou, destacando que previa elevação de 5% nos preços da gasolina.

Com o reajuste, o economista da LCA revisou para cima a projeção para o IPCA fechado de 2014. A expectativa é que o índice termine o ano acima do teto da meta de 6,50%, devendo ficar em 6,60%. A previsão anterior, antes do aumento dos combustíveis, era de 6,45%. "O reajuste já tinha de ter sido dado", reforçou.

TAGS