PUBLICIDADE
Notícias

Euromonitor: varejo deve crescer 7,1% por ano até 2019

11:30 | 04/11/2014
O varejo brasileiro deve crescer a uma taxa média anual de 7,1% entre 2014 e 2019, de acordo com estudo da empresa de pesquisa Euromonitor International. O ritmo de crescimento esperado é superior ao da média do varejo global, que é de 6,4%. Os números consideram valores correntes e câmbio fixo.

A expectativa é de que até o final de 2014, o varejo brasileiro movimente US$ 353,3 bilhões. Até 2019, esse valor chegará a US$ 497,1 bilhões, de acordo com a Euromonitor. Já o varejo global chegará a US$ 14,3 trilhões em 2014 e a US$ 19,6 trilhões em 2019.

O estudo destaca o papel das vendas pela internet no crescimento do consumo mundial. De acordo com a pesquisa, até dezembro, o comércio virtual no mundo deve faturar US$ 839,8 bilhões, um crescimento de 20,9% na comparação com 2013. Já no Brasil, o crescimento até o final deste ano deve ser de 16,6%, chegando a US$ 12,2 bilhões.

Vestuário e calçados foram os produtos mais vendidos pela internet este ano, segundo a Euromonitor, e devem sozinhos gerar mais de US$ 360 bilhões em todo o mundo em 2014.

O Brasil não fica de fora dessa tendência. As três categorias que mais devem crescer em vendas no País até o final do ano estão no varejo virtual e a primeira delas é vestuário e calçados. De acordo com o levantamento, esta categoria de produtos no comércio eletrônico brasileiro deve faturar US$ 1,2 bilhão em 2014, crescimento de 23,4% ante o ano anterior. Até 2019, as vendas de roupas e sapatos na internet brasileira devem subir 118,3%, chegando a um total de US$ 2,681 bilhões.

Entre as categorias de produtos com alto crescimento de vendas esperado no Brasil, aparecem ainda itens para animais de estimação e videogames, ambos com destaque de vendas no comércio eletrônico. No caso dos produtos para animais, a expectativa é de que as vendas online cresçam 85% até 2019. Já para videogames a projeção é de 190% de alta.

TAGS