PUBLICIDADE
Notícias

Conselho da Petrobras retoma reunião com pedido de reajuste de 5% da gasolina

Encontro havia sido interrompido na sexta-feira por impasse com a PwC , auditora externa da Petrobras. A empresa se recusou a aprovar o balanço do terceiro trimestre da estatal enquanto Sérgio Machado permanecesse no comando da Transpetro, subsidiária da Petrobras

09:36 | 04/11/2014
NULL
NULL

A reunião do Conselho de Administração da Petrobras está sendo retomada nesta terça-feira, 4, depois de ter sido interrompida na última sexta-feira. Segundo informações do Jornal O Globo, a presidente da estatal, Maria das Graças Foster, vai pleitear aumento de 5% no preço da gasolina. A reunião acontece em Brasília. O preço do combustível não sobe há um ano.

O encontro havia sido interrompido por impasse com a PwC (PricewaterhouseCoopers), auditora externa da Petrobras. A empresa se recusou a aprovar o balanço do terceiro trimestre da estatal enquanto Sérgio Machado permanecesse no comando da Transpetro, subsidiária da Petrobras.

Pressionado, o cearense Sérgio Machado acabou se licenciando da Transpetro. O pedido ocorreu em meio a denúncias de envolvimento do gestor em suposto esquema de pagamento de propinas na Petrobras. Ele ocupava o cargo há 11 anos e quatro meses.

Em Brasília, além de Graça, estarão o ministro da Fazenda, Guido Mantega, presidente do Conselho de Administração; Márcio Zimmerman, secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia; Míriam Belchior, ministra do Planejamento; e Sílvio Sinedino Pinheiro, presidente da associação dos engenheiros da Petrobras, a Aepet. De São Paulo, participam o general Francisco Roberto de Albuquerque, indicado pelo governo; além de Mauro Cunha e José Guimarães Monforte, indicados pelos acionistas minoritários e pelos acionistas preferenciais, respectivamente. No Rio, estarão Sérgio Quintella, indicado pelo governo, e Luciano Coutinho, presidente do BNDES.

 

Redaão O POVO Online com agências

TAGS