PUBLICIDADE
Notícias

Carga tributária encarece aço brasileiro, diz Gerdau

12:30 | 05/11/2014
O presidente do Conselho de Administração do Grupo Gerdau, Jorge Gerdau Johannpeter, afirmou nesta quarta-feira, 5, que o aço mais caro do mundo é o brasileiro, devido à carga tributária. A reclamação foi feita em debate no Encontro Nacional da Indústria, promovido pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) sobre problemas de competitividade.

 

Gerdau defendeu que a alta carga tributária é um dos grandes problemas da indústria brasileira. Disse ainda que o maior problema hoje é a agenda de crescimento do País e que a estagnação do Brasil é insustentável tanto para as indústrias quanto para as políticas do governo.

 

Simplificação tributária

 

Gerdau afirmou que a maior simplificação tributária é trabalhar com sistema de débito e crédito automático. "O mundo inteiro trabalha assim", disse. Ele afirmou que a empresa dele tem 100 pessoas para cuidar da questão de diferenças tributárias entre Estados e cálculo de alíquotas, e a Petrobras tem 900 funcionários cuidando disso. "É uma solução, funciona automático e alivia todos nós", disse.

 

Gerdau diz que o dólar é um problema central na falta de competitividade da indústria brasileira. Ele citou que, em países com os quais a indústria brasileira compete, o Big Mac custa 60% do valor do sanduíche nos Estados Unidos. No Brasil, ao contrário, o Big Mac custa 22% acima do preço americano.

TAGS