PUBLICIDADE
Notícias

Ritmo da indústria desacelerou em agosto, diz CNI

11:50 | 01/10/2014
Em agosto, a indústria operou com ritmo abaixo do registrado em julho, quando a atividade havia crescido e interrompido uma série de quatro meses de retração. A queda da atividade foi percebida nas horas trabalhadas na produção e na utilização da capacidade instalada, conforme os indicadores industriais de agosto, divulgados pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), nesta quarta-feira, 01. A indústria operou em agosto 1,8 ponto porcentual abaixo do nível de agosto do ano passado. Comparando a média de janeiro a agosto com o mesmo período de 2013, há uma queda na capacidade instalada de 1,5 ponto porcentual.

Como resposta à atividade fraca, avaliou a CNI, as empresas continuam a demitir. O indicador de emprego teve em agosto a sexta queda consecutiva em relação ao mês anterior. A Confederação destacou que, embora o faturamento tenha crescido 1,1% em agosto ante julho, na comparação com agosto de 2013 sofreu uma forte queda, de 8,8%. "Ou seja, as altas de agosto e julho não foram suficientes para recolocar o indicador no patamar em que se encontrava há um ano", disse a CNI no documento Indicadores Industriais.

TAGS